Tags

, , , , , , , , , , ,

Bem dia 30 de setembro era o meu dia oficial de voltar ao trabalho. Fiquei maluca na ultima semana, principalmente pq o Boris ficou doente e pra piorar minha tia não apareceu pra fazer a adaptação.

Pensem em alguém que se viu na mão, a minha sorte é que tinha um plano b a SOGRA! Minha querida sogra veio do Rio de Janeiro pra cuidar do Boris, preciso dizer que amo ela? Acho que não né!

Bem continuando: sogrinha chegou na sexta (retornaria ao trabalho na segunda) ficou super bem com o Boris, ficaram se divertindo batendo palminha e conversando :) Fiquei mais tranquila com ela aqui, ela nos ajudou muito fizemos feira compramos frutinhas pro Boris. Tudo certinho! Ufa que bom ne? Mas é claro que domingo a noite eu tive uma reação alergica (a algo que não faço ideia do que foi) e fui pro hospital, passei segunda em casa e retornaria na terça, pelo emnos a sogrinha concordou em ficar mais um dia aqui (mesmo sabendo q ela teria q voltar dia 2/10 de qualquer forma já que é o dia do aniversário dela (e o meu também, só gente bonita nasce dia 2 de outubro <3). Aproveitamos dia 30 pra visitar duas escolinhas, e acabei por optar deixar o Boris em uma delas, vi o quanto ele se divertiu com a tia e olhando o novo ambiente, brinquedinhos e amiguinhos e decidi que mesmo se eu fosse demitida daria um jeito dele ir pra escolinha

Fui dia 1 de outubro pro trabalho e pra minha surpresa a nova funcionaria do RH disse que trabalharia de home office porque não tinha demanda suficiente, quase beijei ela de tanta alegria! Que alivio poder ficar em casa e deixar o Boris só meio período na escolinha!

No dia seguinte a sogrinha foi embora, começamos a experiencia do Boris na escolinha e senti uma sensação de liberdade ao deixar ele lá, lógico que senti falta dele e fiquei olhando no relógio contando os minutos pra busca-lo, mas foi ótimo poder usar minha tarde para procurar freelas, ver sites que eu queria e enfim ter um tempo pra mim, depois de tanto tempo :)

Recebi um email confuso a tarde do chefe e deu que serei despedida depois do período de estabilidade mas tudo bem, não estava mais a fim de trabalhar na empresa e ja estava procurando outro emprego.

Quando busquei o Boris na escolinha ele estava dormindo (ô dó) e não queria sair do colo da tia hahaha, que bom né?

Hoje ele já abriu o maior sorrisão quando viu a tia, fiquei muito feliz, falaram q ele come super bem e que é um bebê muito tranquilo (mamãe morre de orgulho)

é isso, vou seguir procurando algo e Boris fica na escolinha a tarde :) o melhor para ambos!

PS.: ainda não tivemos uma consulta dos 5 meses porque o Boris estava dodói (bronquiolite :( )

Sorrindo ao ver a tia da escolinha

Sorrindo ao ver a tia da escolinha

Anúncios