Tags

, , , , , , , , , , , , , , ,

Achei que não ia ter essa dúvida pois achei que Bóris só teria essa grafia, ai meu marido me falou ontem: mas eu quero Boris, sem acento, acho mais prático.
Eu pensei um pouquinho, mas é verdade é bem mais prático! É o jeito que se escreve em russo tbm então concordei, meu Boris será sem acento!

Foi fácil pelo menos né? Eu vejo cada grafia estranha nesse Brasil a fora que as vezes fico meio zonza.
As vezes eu vejo umas mamães que não pensam em como so filhos vão sofrer pelos nomes ou grafias de nome que colocam nos pequenos, não que seja por maldade, só não pensam nos danos futuros, eu penso muito nisso, tenho um nome diferente (Ayesha), que eu acho lindo, mas os problemas que já me causaram foram imensos! Pra fazer RG, pra ser atendida no telemarketing da vida, pra fazer cadastro de pizzaria, em resumo: odeio fazer qualquer coisa por telefone.
Quando escolhi o nome do meu filho eu pensei MUITO, pensei se ele seria zoado pelo nome e como, vi se fazia algum palavrão juntando com os sobrenomes e ainda assim fiquei em dúvida, isso porque é um nome SIMPLES, porém por ser clássico poderia dar problema. Meu marido sempre esteve certo q seria Boris, e ponto, eu que fiquei preocupada mesmo!

Tive todos esses cuidados pra escolher definitivamente o nome do meu pequeno, ai eu vejo nos grupos de facebook e forúns a fora mamães que escolhem nomes como “Gabryelle”, nada contra o nome só que a mãe nunca pensou que pelo resto da vida a filha terá que falar o nome assim: “Gabryelle com y e dois l”, no minimo isso se não tiver que soletrar.
E quando tem os nomes duplos então? É complicado viu! Eu não sou fã de nomes duplos, não colocaria no meu filho NUNCA, eu sei que tem gente que gosta que acha bonito e chique, mas olha eu não to aqui pra agradar a todos ok? Não gosto, não acho legal, se vc tem mais de 3 sobrenomes então GZUIS. Nome duplo é coisa de americano que geralmente tem no maximo 2 sobrenomes, a claro não acho errado se vc é descendente de japonês ter ou botar nome duplo, um brasileiro e outro japonês, afinal se vc for pra “terrinha do sol nascente” a comunicação será muito mais fácil! Mas por favor né? Eu tenho 3 sobrenomes, meu marido 2, foi uma GUERRA pra eu tirar 1 sobrenome meu (isso pq ainda pretendo tirar 2 mas vamos ver!), meu amrido concordou rápido em tirar 1 dele, pra ficar mais fácil e AINDA POR CIMA qdo eu estava na duvida entre o nome do meu filho falar pra colocar os 2 que eu queria, pelamordedeus né gente que palhaçada!

Também não concordo em “põe nome duplo um nome que vc escolheu e outro que o pai escolheu, ai vc chama pelo nome que vc escolheu” ah fala sério vcs nao conseguem chegar a um acordo nem nisso? imagina qdo o seu filho tiver q ir pra escola!

Na minha opinião os pais tem que chegar em um consenso para evitar que a criança sofra o resto da vida pelo nome que escolheram, é difícil ter um nome estranho ou com grafia diferente, e não acho que ninguém ia querer que seu filho sofresse por causa de um nome que escolheram com carinho, imagino como deve ter sido dificil pra minha mãe qdo eu falava pra ela que eu odiava meu nome e porque ela não tinha escolhido Adriana, Larissa, Carolina qualquer coisa menos esse nomes estranho  hoje eu gosto muito do meu nome mas os apelidinhos sempre me perseguiram isso qdo não demoro mto mais num atendimento telefônico por causa do meu nome.

Tem também os nomes estrangeiros, bem meu nome é estrangeiro, mas de qualquer forma eu também não acho tão legal, existem varios nomes estrangeiros que gosto como James, por exemplo, e não colocaria elo simples motivo de: eu moro no Brasil, gente. Procurei pelas traduções mas não gostava delas então acabei desistindo! Pq eu achava um saco a professora tentando falar meu nome, alias eu aj sabia q era meu nome qdo a professora se engasgava pra falar, era muito chato, algumas vezes até humilhante pq a professora tentava falar e saia algo incompreensível que acabava virando apelidinho. Não quero que meu filho passe por isso, também. Sem contar que também entra a grafia, no caso de James (lê-se Jei-mes) pra evitar erros de grafia vai se rum eterno “James, J-A-M-E-S”,  já que da pra simplificar então pq não né?

Eu não entendo pra que dificultar a vida das pessoas até antes de nascer né? Os pais mesmos já ficam putos quando colocam um nome diferente no filho e as pessoas falam errado, imaginem a criança, lógico que tem uns nomes LINDOS mas sera que convém?

Enfim, meu filho vai chamar Boris, e se escreverem com acento eu não vou criticar e espero q ele não ligue também.

Anúncios